PJuvenil Multimédia Palavra de Deus Oração em Missão Antigos Alunos

» Favoritos

» Recomendar

» Imprimir

» Fale Connosco

Revista Além-mar Revista Audácia Jornal Família Comboniana Exposição Missionária Virtual Facebook RSS
Indique o seu e-mail:
Utilizador:
Password:
 

Actualidades

Voltar ao arquivo de Actualidades

1º Dia Mundial do Pobres

20 de Novembro de 2017

Celebrou-se no domingo, 19 de novembro, o 1º Dia Mundial dos Pobres por decisão do Papa Francisco que convidou a Igreja e todas as pessoas de boa vontade a prepará-lo particularmente durante a semana anterior, pedindo que “este novo Dia Mundial se torne, um forte apelo à nossa consciência crente, para ficarmos cada vez mais convictos de que partilhar com os pobres permite-nos compreender o Evangelho na sua verdade mais profunda”.


Esta iniciativa do Papa e a Mensagem profunda e directa que a acompanhou deixou-me inquieto. A pobreza é global. Nós missionários temos andado por terras onde a pobreza material não se compara com a que nos rodeia. Mas há tantas pobrezas…aqui bem perto. Isto tem a ver comigo, com todos nós, reconheci também eu.


Durante a semana, com a comunidade religiosa a que pertenço, reflectimos e rezámos sobre o desafio que nos foi deixado. Com o tema: “Não amemos com palavras mas com obras (1 Jo, 3,18) decidimos nós também “Na base das múltiplas iniciativas concretas… pôr sempre a Oração” e em seguida assumir um acto concreto para “fixar o olhar nestes nossos irmãos e irmãs que pedem solidariedade” e estar junto com eles a exemplo de S. Francisco de Assis.


Assim, tivemos na 6ªfeira um dia de Adoração do SSmo à luz da Mensagem do Papa para o dia, e no domingo convidámos, através do CEPAC (Centro de apoio a Emigrantes), uma família de quatro pessoas para almoçar à nossa mesa e assim podermos conhecer-nos e apoiá-los nas suas maiores necessidades.


Ao mesmo tempo, foi bela a participação no programa organizado para o evento em Lisboa, pela Santa Casa da Misericórdia, Cáritas e várias outras instituições que trabalham a nível social na cidade. A Missa na Igreja de S. Roque e o convívio na Ribeira das Naus, com o lançamento do projecto Cáritas 2017 «Um milhão de estrelas» foram muito simbólicos e deram espaços de oração e convívio a todos os participantes.


O Papa terminou a sua mensagem afirmando que “os pobres não são um problema: são um recurso de que lançar mão para acolher e viver a essência do Evangelho”.


Nós somos a Igreja chamada a viver esta verdade. Cada um e todos nós que queremos formar a “Igreja em saída, acolhedora, solidária e missionária” que Jesus e o Papa querem. Ninguém se pode demitir ou pensar que já fez o suficiente alimentando a indiferença. Eu e nós, como missionários para servir “os mais pobres e abandonados” no dizer de S. Daniel Comboni, queremos ser parte daqueles que atendem o pobre em nome do Senhor, seguindo o que diz o Sl.34: “Quando o pobre invoca o Senhor, Ele atende-o”! Tu que leste até aqui… estás também convocado: Olha para o pobre a teu lado e ama-o com Obras!”


P. Carlos Alberto Nunes, mccj

Comentários

Mostrar comentários | Escrever um comentário