PJuvenil Multimédia Palavra de Deus Oração em Missão Antigos Alunos

» Favoritos

» Recomendar

» Imprimir

» Fale Connosco

Revista Além-mar Revista Audácia Jornal Família Comboniana Exposição Missionária Virtual Facebook RSS
Indique o seu e-mail:
Utilizador:
Password:
 

Actualidades

Voltar ao arquivo de Actualidades

Mensagem do Papa prepara viagem a Mianmar

21 de Novembro de 2017

Em vista da sua próxima viagem apostólica a Mianmar (26 a 30 de novembro) o Papa Francisco enviou uma vídeo-mensagem a todo o povo daquele país.


“Caros amigos”, diz Francisco, “enquanto me preparo para visitar Mianmar, desejo enviar uma palavra de saudação e amizade a todo o seu povo que ardentemente desejo encontrar”.


Mensagem de reconciliação, de perdão e paz


“Venho proclamar o Evangelho de Jesus Cristo, uma mensagem de reconciliação, de perdão e paz” – sublinha ainda a mensagem, em que o Papa reafirma que a sua visita pretende “confirmar a comunidade católica de Mianmar na sua fé em Deus e no seu testemunho do Evangelho, que ensina a dignidade de cada homem e mulher, e exige que abramos os nossos corações aos outros, especialmente os pobres e os necessitados”.


“Ao mesmo tempo”, prossegue o Pontífice, “desejo visitar a Nação com espírito de respeito e encorajamento para que nenhum esforço seja poupado para construir harmonia e cooperação ao serviço do bem comum”.


“Vivemos num tempo em que os crentes e os homens de boa vontade sentem cada vez mais a necessidade de crescer na compreensão e respeito recíprocos, e de se apoiarem mutuamente como membros de uma única família humana, porque todos somos filhos de Deus” – sublinha Francisco.


“Sei que muitos em Mianmar trabalham muito para preparar a minha visita, e agradeço-lhes. Peço a oração de cada um para que os dias em que estarei convosco possam ser fonte de esperança e encorajamento para todos”, conclui o Papa, invocando sobre todos e suas famílias “as divinas bênçãos de alegria e de paz!”


Nos dias 1 e 2 de dezembro, o Papa visita o Bangladesh.


 

Comentários

Mostrar comentários | Escrever um comentário