PJuvenil Multimédia Palavra de Deus Oração em Missão Antigos Alunos

» Favoritos

» Recomendar

» Imprimir

» Fale Connosco

Revista Além-mar Revista Audácia Jornal Família Comboniana Exposição Missionária Virtual Facebook RSS
Indique o seu e-mail:
Utilizador:
Password:
 

Actualidades

Voltar à lista de artigos de Actualidades

Um gesto de entendimento entre as Coreias do Norte e do Sul

09 de Janeiro de 2018

A Coreia do Norte propôs enviar uma delegação de alto nível, com dirigentes e atletas, aos Jogos Olímpicos de Inverno deste ano, que se realizam em Pyeongchang, na vizinha Coreia do Sul.


Este anúncio foi feito após uma reunião entre as duas Coreias, realizada nesta terça-feira, 9 de janeiro, em Panmunjom, uma aldeia em zona desmilitarizada.


“A parte norte-coreana propôs enviar uma delegação de alto nível” aos Jogos Olímpicos de Inverno, disse aos jornalistas o ministro-adjunto da Unificação da Coreia do Sul, Chun Hae-Sung.


“A Igreja coreana rezou e reza muito pelo diálogo entre as duas Coreias, e para que o encontro tenha sucesso. Estou feliz, muito feliz”, havia declarado ontem o bispo de Daejeon, Dom Lazzaro You Heung-sik.


No encontro desta terça-feira, as delegações coreanas falaram das Olimpíadas, mas Seul gostaria de falar também sobre a possibilidade de retomar os encontros entre as famílias divididas do sul e do norte.


Desde a divisão das duas Coreias em 1953, de facto, muitas famílias separadas não puderam mais encontrarem-se. Atualmente são cerca de 60 mil as pessoas, cada vez mais idosas, que esperam poder ver os seus parentes antes de morrer.


“O tema das famílias é desolador porque deixa evidente toda a história dos sofrimentos que existe nas duas Coreias”, disse Dom You.

Comentários

Mostrar comentários | Escrever um comentário