PJuvenil Multimédia Palavra de Deus Oração em Missão Antigos Alunos

» Favoritos

» Recomendar

» Imprimir

» Fale Connosco

Revista Além-mar Revista Audácia Jornal Família Comboniana Exposição Missionária Virtual Facebook RSS
Indique o seu e-mail:
Utilizador:
Password:
 

Actualidades

Voltar à lista de artigos de Actualidades

Mais um indío assassinado no Brasil

08 de Janeiro de 2018

Um índio da etnia Xokleng foi assassinado a pauladas na cidade de Penha, no litoral norte de Santa Catarina. O crime ocorreu na madrugada de 1 de janeiro e as imagens foram gravadas por uma câmera de vigilância.


A vítima é Marcondes Namblá, um professor que dava aulas em uma escola indígena do município de José Boiteux, no Vale do Itajaí. Formado pelo curso de licenciatura intercultural indígena da Universidade Federal de Santa Catarina (Ufsc), Marcondes era identificado como uma das lideranças de sua comunidade, atuando para preservar a língua Laklãnõ-Xokleng.


O indígena chegou a ser levado para um hospital, mas não resistiu. Uma câmera de monitoramento filmou a agressão, praticada por um homem que estava acompanhado por um cachorro.


Para o presidente do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) regional “mais uma vez, o Brasil aparece no mundo como um país que não respeita os direitos constitucionais de seus primeiros habitantes”.


Dom Roque Paloschi pediu agilidade na investigação e clama para que “o Deus da vida nos anime e encoraje a não ficar calados diante de tanta injustiça”. 

Comentários

Mostrar comentários | Escrever um comentário