PJuvenil Multimédia Palavra de Deus Oração em Missão Antigos Alunos

» Favoritos

» Recomendar

» Imprimir

» Fale Connosco

Revista Além-mar Revista Audácia Jornal Família Comboniana Exposição Missionária Virtual Facebook RSS
Indique o seu e-mail:
Utilizador:
Password:
 

Actualidades

Voltar à lista de artigos de Actualidades

Migração sem Tráfico de pessoas

30 de Novembro de 2017

«Migração sem tráfico de pessoas. Sim à liberdade. Não à escravidão» é o tema para o Dia Mundial de Oração e Reflexão contra o tráfico humano, a ser celebrado em 8 de fevereiro de 2018.


Para a Irmã Gabriella Bottani, comboniana, coordenadora de Talitha Kum (Rede das religiosas contra o Tráfico de pessoas) e da comissão organizadora do evento, o tema “mantém o foco no drama do tráfico de pessoas entre as populações itinerantes: os migrantes, os refugiados e os banidos”.


“Somos convidados a acender uma luz para estes nossos irmãos e irmãs”, acrescenta.


De acordo com os organizadores, “no mundo globalizado, os fluxos migratórios aumentaram; a isto se contrapõem políticas migratórias sempre mais restritivas por parte de muitos países. Esta situação favorece a vulnerabilidade das populações migrantes, que se tornaram, em todo o mundo, um grupo de alto risco para o tráfico de pessoas, seja durante o transporte, nos países de trânsito, ou nos lugares de destino”.


O Dia Mundial de Oração contra o tráfico humano permite-nos acompanhar, com a oração e o nosso compromisso, os trabalhos das Nações Unidas para o Global Migration Compact, um instrumento internacional com o qual os Chefes de Estado e dos Governos de todos os países-membros das Nações Unidas colocam no centro da sua agenda política o tema dos migrantes e dos refugiados, reconhecendo a necessidade de uma abordagem comum e coordenada da questão migratória. O tráfico de pessoas é um dos temas centrais deste debate.

Comentários

Mostrar comentários | Escrever um comentário