PJuvenil Multimédia Palavra de Deus Oração em Missão Antigos Alunos

» Favoritos

» Recomendar

» Imprimir

» Fale Connosco

Revista Além-mar Revista Audácia Jornal Família Comboniana Exposição Missionária Virtual Facebook RSS
Indique o seu e-mail:
Utilizador:
Password:
 

Actualidades

Voltar à lista de artigos de Actualidades

Faz o teu coração gritar missão

13 de Setembro de 2018

Olá malta, estamos no início de mais um ano pastoral. E este ano nós, «Jovens em Missão» (JIM), escolhemos o tema: “Faz o teu coração gritar missão”, interpelados pelo apelo do Papa Francisco e da conferência episcopal portuguesa. Juntamos três palavras, que o Papa realça na sua mensagem para o Dia Mundial da Missão: Coração, Gritar e Missão. São estas, as três palavras que queremos desenvolver e ajudar a viver aos jovens que vamos encontrar.


Hoje, mais do que nunca somos todos convocados a ser missionários, a ir ao encontro das periferias e dos mais frágeis. Mas para isso acontecer, temos que tornar o nosso coração disponível e sensível as realidades que nos rodeiam. Somos jovens, e por isso somos chamados a gritar com força, não um grito histérico, mas um grito que sensibilize, um grito de protesto, um grito de esperança, um grito de coragem no meio de uma sociedade às vezes sem Norte. A missão vem do nosso coração. Não pode haver missão sem coração. Por isso ao longo deste ano, queremos conjugar estas duas palavras em conjunto.


Pelo Batismo, também vós, jovens, sois membros vivos da Igreja e, juntos, temos a missão de levar o Evangelho a todos. Estais a desabrochar para a vida. Crescer na graça da fé, que nos foi transmitida pelos sacramentos da Igreja, integra-nos num fluxo de gerações de testemunhas, onde a sabedoria daqueles que têm experiência se torna testemunho e encorajamento para quem se abre ao futuro. E, por sua vez, a novidade dos jovens torna-se apoio e esperança para aqueles que estão próximo da meta do seu caminho. Na convivência das várias idades da vida, a missão da Igreja constrói pontes intergeracionais, nas quais a fé em Deus e o amor ao próximo constituem fatores de profunda união.


Papa Francisco


Saibamos pois, ao longo deste ano, construir pontes entre nós, para que o Senhor possa assim chegar a todos os cantos do Mundo.


Desejo, a todos vós, um ano pastoral cheio de frutos e sem esquecer de gritar: Missão!


P. Ricardo Gomes

Comentários

Mostrar comentários | Escrever um comentário