PJuvenil Multimédia Palavra de Deus Oração em Missão Antigos Alunos

» Favoritos

» Recomendar

» Imprimir

» Fale Connosco

Revista Além-mar Revista Audácia Jornal Família Comboniana Exposição Missionária Virtual Facebook RSS
Indique o seu e-mail:
Utilizador:
Password:
 

Actualidades

Voltar à lista de artigos de Actualidades

Ciclo de conferências: Povos em movimento

08 de Fevereiro de 2019

Para o Instituto dos Missionários Combonianos, 2019 é o ano dedicado à reflexão sobre a interculturalidade. Por isso, as conferências da próxima Quaresma, que desde 2015 se tornaram regulares na comunidade da Cúria generalícia em Roma, terão como argumento específico a convivência e a integração entre pessoas de diferentes religiões e culturas. O tema geral é “Povos em movimento” e o objectivo é reflectir sobre o desafio da convivência, mas também oferecer experiências de sucesso em escolas e paróquias.


A primeira conferência, no dia 14 de Março, terá como tema “A emigração e os desafios da convivência” e será apresentada pelo presidente do Centro Astalli de Roma, Camillo Ripamonti, sacerdote jesuíta. “O desafio da convivência entre pessoas de diferentes culturas e religiões nas escolas: experiências e reflexões” é o tema do segundo encontro, no dia 28 de Março; o palestrante será o Prof. Pierluigi Bartolomeo, director da escola profissional Elis de Roma. Padre Claudio Santoro, vice pároco da paróquia de São Barnabé (S. Barnaba), em Roma, falará sobre “O desafio da convivência entre pessoas de diferentes culturas e religiões em âmbito paroquial: experiência e reflexões de um sacerdote”, no dia 14 de Abril.


Pareceu-nos importante, nesta Itália atravessada por impulsos racistas e pela rejeição do “outro diferente de nós”, apresentar experiências positivas de verdadeira convivência e integração. Diante dos povos em movimento, o desafio do futuro, de facto, será o de acolher, proteger, promover e integrar o migrante – como tem vindo a insistir o Papa Francisco – sem esquecer os temores e os medos de quem acolhe. Mediar estas duas realidades é tarefa da política e das muitas organizações da sociedade civil que se dedicam à causa das migrações.


Fonte: Comboni.org

Comentários

Mostrar comentários | Escrever um comentário