PJuvenil Multimédia Palavra de Deus Oração em Missão Antigos Alunos

» Favoritos

» Recomendar

» Imprimir

» Fale Connosco

Revista Além-mar Revista Audácia Jornal Família Comboniana Exposição Missionária Virtual Facebook RSS
Indique o seu e-mail:
Utilizador:
Password:
 

Actualidades

Voltar à lista de artigos de Actualidades

Envio do P.e Claudino Gomes

09 de Janeiro de 2019

O P.e Claudino Gomes parte nos inícios de fevereiro para o Congo, após sete anos na comunidade comboniana de Lisboa.


Ele dirige umas palavras aos amigos, benfeitores e colaboradores: “Cheguei à comunidade comboniana de Lisboa em agosto de 2012, para integrar a equipa de animadores missionários.


Alegro-me por termos estado em muitas paróquias das dioceses de Lisboa, Évora e Algarve. Pela Palavra de Deus e pelas revistas missionárias, em cuja divulgação investimos, tornámos mais forte a consciência de muitos quanto à responsabilidade dos leigos na difusão do Evangelho, tanto perto como longe, pois “no Coração de Deus, não há longe nem distância”.


Em união com os outros institutos missionários, esforçámo-nos por levar as paróquias a privilegiar a formação P.e Claudino Gomes, de partida para a RD Congo, com a colaboradora D. Teresa Lúcio, grande apoio nos retiros em Ferragudo (Algarve) e o casal Augusto e Guiomar de leigos jovens e catequistas para a evangelização de rua, pessoa a pessoa, casa a casa. Pouco seguimento tivemos, nesse esforço. Não procurávamos resultados, mas frutos. Esses requerem tempos longos e paciência no trabalho e na oração.


“Agora, a missão na África espera-me. Nos inícios de fevereiro, parto para a minha nova missão na RD do Congo. A minha comunidade é em Butembo, na martirizada diocese de Beni-Butembo. Vou estar com aquele grande e generoso povo e caminhar com ele num contexto social, económico e político de profunda e devastadora injustiça, de violência e terror”.


A comunidade comboniana de Butembo tem a seu cargo a formação de novos irmãos missionários combonianos, a animação missionária e o cuidado de muitas centenas de crianças e adolescentes expulsos das escolas (por falta de dinheiro) e expostas a serem recrutadas por milícias violentas para multiplicarem crueldade e terror.


“Que, pela vossa oração, as bênçãos de Deus, por meio dos corações de Jesus e de Maria, sejam a vossa força.”


 


Comentários

Mostrar comentários | Escrever um comentário