PJuvenil Multimédia Palavra de Deus Oração em Missão Antigos Alunos

» Favoritos

» Recomendar

» Imprimir

» Fale Connosco

Revista Além-mar Revista Audácia Jornal Família Comboniana Exposição Missionária Virtual Facebook RSS
Indique o seu e-mail:
Utilizador:
Password:
 

Famalicão

Voltar ao arquivo de Famalicão

Festa do Sagrado Coração de Jesus

 

 

Foi uma feliz coincidência o dia da festa do Sagrado Coração e a do encerramento do ano sacerdotal. Foi uma dupla bênção ter entre nós o provincial dos Missionários Combonianos que nos falou do significado da espiritualidade do Coração de Jesus para nós Combonianos que somos assim designados "Missionários Combonianos do Coração de Jesus" e ainda a presença do bispo auxiliar de Braga, Dom António Couto, que presidiu à Eucaristia no Seminário dos Combonianos, onde concelebraram 2 dezenas de sacerdotes do Arciprestado de V. N. de Famalicão juntamente com as duas comunidades dos Missionários Combonianos de Famalicão e da Maia. Tivemos também connosco as Missionarias Combonianas da Comunidade do Porto e ainda as Seculares Combonianas.

Vivemos numa sociedade demasiado consumista que nos parece alheia aos valores humanos, mas os gestos concretos das pessoas parecem contradizer esta tendência desenfreada e dizer claramente que nós ainda podemos fazer a diferença.

Ao contemplarmos o seu Coração do Bom Pastor, vemos claramente, não só um coração ideal, mas um coração humano. O Coração do Bom Pastor é um coração que amou, sempre de maneira apaixonada, totalmente dedicado à causa sem ter medo de chegar até à dádiva de si mesmo incondicionalmente, sem deixar nada para si. Vemos um coração todo aberto para os outros, um amor apaixonado e cheio de compaixão, ferido mas fecundo porque gera vida através da Igreja e dos sacramentos. Nós enquanto seres humanos, somos seres feridos pela fragilidade mas também curados na medida em que temos energia para sairmos de nós mesmos para ir ao encontro do irmão e das necessidades do mundo, para curar e dar vida ao que encontramos "meio-morto" pelos caminhos da missão. Uma contemplação fecunda do Coração de Jesus, leva-nos a forjar em nós as mesmas atitudes de Cristo a nível pessoal e comunitário; e estimula-nos a fazer das nossas comunidades "cenáculos de apóstolos" na medida em que vivemos a nossa vida nesta tensão de comunhão em vista da missão, vivendo a maneira dos discípulos que se tornaram os primeiros missionários. A teologia e a mística do Sagrado Coração, apresentam-se-nos com uma riqueza actual muito significativa. Para qualquer cristão e com mais razão para nós, Combonianos, este é um tesouro a explorar que Comboni nos deixou e um desafio a aprofundar, não só para a nossa vida pessoal mas também e sobretudo para a nossa fecundidade apostólica.