PJuvenil Multimédia Palavra de Deus Oração em Missão Antigos Alunos

» Favoritos

» Recomendar

» Imprimir

» Fale Connosco

Revista Além-mar Revista Audácia Jornal Família Comboniana Exposição Missionária Virtual Facebook RSS
Indique o seu e-mail:
Utilizador:
Password:
 

Evangelho do dia

Voltar ao arquivo de Evangelho do dia

Evangelho do dia: Quarta, 7 de junho de 2017

Evangelho segundo S. Marcos 12,18-27

A ressurreição: plenitude de vida


 


Comentário do dia: Santo Anselmo


Naquele tempo, foram ter com Jesus alguns saduceus – que afirmam não haver ressurreição – e perguntaram-lhe: «Mestre, Moisés deixou-nos escrito: ‘Se morrer a alguém um irmão, que deixe esposa sem filhos, esse homem deve casar-se com a viúva, para dar descendência a seu irmão’.


Ora havia sete irmãos. O primeiro casou-se e morreu sem deixar descendência.


O segundo casou com a viúva e também morreu sem deixar descendência. O mesmo sucedeu ao terceiro.


E nenhum dos sete deixou descendência. Por fim morreu também a mulher.


Na ressurreição, quando voltarem à vida, de qual deles será ela esposa? Porque todos os sete se casaram com ela».


Disse-lhes Jesus: «Não andareis vós enganados, ignorando as Escrituras e o poder de Deus?


Na verdade, quando ressuscitarem dos mortos, nem eles se casam, nem elas são dadas em casamento; mas serão como os Anjos nos Céus.


Quanto à ressurreição dos mortos, não lestes no Livro de Moisés, no episódio da sarça ardente, como Deus disse: ‘Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e o Deus de Jacob’?


Ele não é Deus de mortos, mas de vivos. Vós andais muito enganados».


 


Santo do dia: Beata Ana de São Bartolomeu, virgem, religiosa, +1626.